28 3521-3185

Notícias

Pensando o Advento ...

19.11.2018

 

 

... eu me lembro de períodos românticos e harmoniosos dos tempos da minha infância e juventude. A cada ano eu estava esperando apenas a chegada do Natal com presentes e momentos especiais em família. Desde o momento que eu tenho saído da casa e da convivência da minha família eu estou em busca de entender melhor este período do ano.

A palavra Advento significa “chegada”. Ligado com a chegada de alguém ou algo é a espera. Esperar faz parte do nosso dia a dia. Esperamos nas filas de bancos ou outras entidades ou nos consultórios médicos a nossa vez de sermos atendidos. E no fundo do coração esperamos do coração mudanças. Que a vida se mude e algo de bom aconteça. Lembramos as manifestações e rebeliões de tantos jovens uns meses atrás. Tudo que aconteceu nas ruas do nosso pais era expressão de uma espera explodindo.

2000 anos atrás por volta do nascimento de Jesus Cristo muita gente também esperava. A espera tinha como enfoque um salvador. Um novo rei que ia libertar Israel da opressão romana. Uma pessoa que garantia liberdade para um povo sofrido. Nesta espera aconteceram também muitas rebeliões. Um grupo chamado Zelotas aterrorizou a vida com assaltos e assassinatos de modo especial contra os Romanos. Vários homens se titularam “Messias” e juntando homens tentaram levar uma guerra contra o poder opressor. Era um tempo com muita gente insatisfeita, um tempo em nada romântico. Nós conhecemos deste período umas personagens que até hoje acompanham o nosso advento, pessoas que expressam espera:

Zacarias e Isabel, ele um velho sacerdote, ela uma idosa dona de casa. Os dois esperavam apenas terminar a sua vida em tranqüilidade. Estavam conformados com sua sorte de não ter filhos. Aqui aconteceu a gravidez da Isabel e o nascimento de João Batista. Uma mudança não esperada na vida dos dois.

João Batista, o presente de Deus para os dois já velhinhos. Um jovem que saiu de sua sociedade. Ele se negou a viver uma vida normal, continuando apenas aquilo que o pai tinha vivida. A história bíblica nos mostra a vida de João bem endireitada a realizar sua vocação. Olhando para os nossos jovens me deixar pensar quantas dificuldades e Duvidas fizeram parte da vida de João. Solidão no deserto e depois de encontrar seu caminho a rejeição até o martírio.

José o esposo de Maria, segundo a tradição também já um homem de boa idade, mas com tanta esperança de casar e finalmente ter família. E tudo foi diferente para ele.

E finalmente Maria, esta moça, quem sabe feliz ou inquieta com esta perspectiva de casar com o José. Um momento muda a vida inteira dela.

As cinco personagens mais “populares” deste tempo de advento têm algo em comum. Cada uma vivia nas suas expectativas e esperanças, mas todas estavam dispostas a responder no momento certo a um chamado. Assim vivamos mais um advento sabendo que salvação não cai do céu, mas começa quando nos respondemos aos momentos de graça que passam por nós no nosso dia a dia. Advento nos lembra que o nosso tempo de vida possa se tornar um tempo de salvação quando nós nos abramos à presença de Deus em momentos pequenos.

 

Pascom Paroquial

 

 

Comentários


28 3521.3185 / 28 99944.0221
Rua Humberto Tirello, 03 - Bairro Aeroporto
CEP: 29314-110 - Cachoeiro de Itapemirim - ES

 

© Paróquia São Filipe. Todos os direitos reservados.

Produção / Cadetudo Soluções Web